domingo, 3 de maio de 2009

Comme Narcisse je contemple.

Complexificar é coisa mesmo dos franceses, é?

Como Narciso eu comtemplo

Nestes espelhos entre suas têmporas
O reflexo sombrio dos meus vícios
(Em "Rose hybride de thé" - Émilie Simon.)

Alguns direcionamentos devem ser comentados, pois não? A ideia era resumir o universo nesse blog, mas, por uma questão de in/significância e civilidade, tomei como mais pertinente — em relação a mim mesmo — comentar sobre algumas músicas, fazer algumas traduções, relacionar alguns elementos desse pop que me interessa. Experimenta melodias e estruturas, incorpora elementos clássicos, escreve com firmeza e sem pudor.

É o pop também do individual/-ismo. Refletir sobre si mesmo, contar histórias, traduzir momentos específicos. Bem longe do ready-made. Ao menos em se tratando de objetos que eram, até então, tão físicos. Tori Amos é um nome forte. Grande pianista, muitas experimentações, lirismo firme e rebelde. E muitas, muitas histórias. Diálogos a la Joni Mitchell, às vezes. Segue vídeo de uma apresentação ao vivo da música "i i e e e" — com direito a solo de piano! —:

I know we're dying
And there's no sign of a parachute.
We scream in cathedrals.
Why can't it be beautiful?
Why does there gotta be a sacrifice?
(Em "i i e e e".)



10 comentários:

Patrícia Carrion disse...

Eu realmente queria vê-lo resumir o universo nesse blog. Mas não seria sensato, de fato. Enfim, falar de música é subjetivo o suficiente, ousado.

Anônimo disse...

gostei do blog, cê tá muito bem, rafa :)
e adorei a música!

Shany disse...

TORI!

i love her *-*

aposto que lembrou de mim quando escreveu.

ou não.


:******

Julia disse...

:)
ai, adoro piano, sério mesmo.. você vai gostar de apenas uma vez, assiste! lembrei dele agora.. e ah, blog de bom gosto.

Sâmya disse...

aiai, eu tenho um dvd dela que é show de bola. aiai.

L.S. Reis disse...

beautiful \o/

João disse...

eu achei o máximo! vc escreve muito bem rapaz! sem falar que pj e tori amos já garantem boa parte da qualidade né?
rs

Mariana Anselmo disse...

óun, rafuxooo!
thanks pelos elogios. bom saber que nao sou taããããão sem talento que nem eu imaginava! hahaha

adorei por aqui tbm! A Tori é mara! fatão! e piano é chique de duê!

Anônimo disse...

pq todo mundo já conhecia e eu não?
pergunta: ela ta de avental?
Gostei!

Rafael disse...

Pois é, Thaiss. HAHAHA! Dica de moda, hein? Faça você mesmo seu próprio avental.